Reconectando com a natureza nos ambientes internos

Num mundo primordialmente urbano e com uma arquitetura que perdeu totalmente suas raízes com sua história e suas tradições regionais, a conexão com a natureza pode parecer totalmente perdida. E é exatamente isso que o design biofílico busca resgatar. Você sabe o que significa esse termo?


A biofilia significa o ‘amor pela vida ou por organismos vivos’. É a nossa inerente ligação humana com o mundo natural.

Usando estratégias de projeto que integrem elementos naturais de forma proposital, conseguimos nos reconectar de forma inconsciente ao mundo natural. E isso é essencial para o nosso bem-estar.


E existem formas simples que podem ser utilizadas para trazer esse efeito aos nossos espaços. Abaixo, iremos falar sobre algumas delas.


  • Iluminação natural – Ter acesso à vistas de qualidade e iluminação natural é super importante para o ser humano. Num hospital, por exemplo, estudos indicaram que o paciente se recupera mais rápido – numa média de ½ dia mais rápido – se tiver acesso a vistas para a natureza. Além disso, a iluminação natural regula o nosso ciclo biológico, regulando os hormônios de stress e do sono.

  • Ventilação natural - Ela costuma ser muito subutilizada nos projetos, que ultimamente tendem a ser sempre condicionados artificialmente. Mas além de ser bom para o bolso com a economia de energia elétrica, a ventilação natural traz sensações importantes para o ser humano – como uma brisa no rosto, a mudança natural de temperatura ao longo do dia – e tudo isso tem um impacto direto no bem-estar e no conforto dos usuários.

  • Água - incorporar o elemento água na arquitetura pode soar como um desafio, mas não é tão difícil assim, Podemo introduzir aquários, fontes de água, pequenas cascatinhas, enfim, temos muitas possibilidades com esse elemento. O simples fato do espaço ter uma vista para um oceano ou uma baía já valoriza o empreendimento enormemente. Foi comprovado que as pessoas chegam a pagar 127% a mais por um empreendimento com vista para algum corpo d’água.

  • Vegetação - incorporar vegetação nos ambientes também é uma excelente estratégia. Além de existirem plantas que ajudam a purificar o ar e consequentemente, trazem maior qualidade no ambiente interno, as plantas nos remetem imediatamente à natureza. Você sabia que os japoneses possuem uma terapia chamada shinrin-yoku, que é basicamente ir para uma área de floresta ou mesmo um parque e passar algum tempo em contato com a natureza? É literalmente o banho de floresta! Essa técnica reduz o estresse e melhora a concentração.

  • Animais - não, não estamos dizendo que você deve ter um zoológico dentro do seu espaço! Mas ter a possibilidade de interagir com animais, mesmo que sejam abelhas, borboletas ou passarinhos num jardim externo, já ajuda muito! Também podemos trazer os pets para nosso espaço de trabalho, já foi comprovado que a presença de animais diminui o estresse e melhora o humor.

  • Fogo - essa vai para os locais mais frios no Brasil - incorporar uma lareira e o elemento fogo na decoração nos traz uma sensação de aconchego e segurança. Está ligado aos nossos mais primitivos instintos da época das cavernas.

  • Uso de materiais naturais - usar madeira, bambu, lã, fibras naturais, também nos remetem ao ambiente natural. Padrões que encontramos na natureza como espirais, formatos de colmeia de abelha, entre outros, também trazem esse efeito.


Como puderam ver, não é tao difícil trazer esses elementos para os espaços onde moramos e trabalhamos, e os benefícios são enormes para nossa saúde e bem-estar. Por isso, no próximo projeto que for fazer, preste atenção nessas dicas e transforme seu projeto com o design biofílico!

A praça da Apple em Macau forma um oásis de tranquilidade. É uma sala urbana que atrai pessoas para o local (Foto e projeto: Foster + Partners)

50 visualizações
  • LinkedIn - Círculo Branco
  • Facebook - Círculo Branco
  • Instagram - White Circle

©2018 BY SEED SOLUTION.